/*SLIDES ----------------------------------------------- */

news

O que pôr na mala para Foz do Iguaçu

Tags: O que pôr na mala | Fazendo às malas para Foz do Iguaçu | Arrumando as malas | O que levar na mala | Que roupa usar em Foz do Iguaçu | Look do dia

Documentação:
Sei que é óbvio, mas se você não leu as postagens anteriores, talvez não saiba que em alguns lugares não aceitam a CNH, (apesar de que eu fui só com a CNH e não tive problemas) portanto leve seu Passaporte ou RG. Se for professor ou estudante, leve comprovante, pois vários lugares oferecem descontos para esta classe (Ps: em Foz, a meia entrada não equivale a 50% de desconto).

Dólares: No Paraguai, a moeda local é o guarani e na Argentina, o peso argentino. Contudo, em ambos os locais aceitam o real e o dólar. Sempre que for a argentina, melhor pagar com peso (pagar em real pode sair muito mais caro). Já no Paraguai, melhor você pagar em dólar (e nunca com cartão de credito internacional). Na postagem sobre o Paraguai eu explico porque você deve comprar dólares na sua cidade.


Mochila leve e prática: Andar de bolsa por lá é furada, melhor mesmo é mochila. Leve uma mochila pequena, mas que caiba sua máquina, uma troca de roupa, lanche e um tênis (se for fazer trilha + passeio de barco, mas não é necessário tênis para a trilha).
Capinha a prova d'agua

Câmera (ou capinha) a prova d’agua: Simplesmente é impossível ter boas recordações se não levar uma câmera a prova d’agua. Se não tiver uma, compre uma capinha a prova d’agua para seu celular, é uma opção confiável e barata. Nós levamos uma capinha como a foto ao lado e uma GoPro (no Paraguai vende capinha em todo canto).

Capa de chuva descartável: Se você não quiser levar uma na sua mala, pode comprar uma na entrada do parque. Sendo bem sincera, a capa de chuva é dispensável no verão, mas essencial no inverno, não só para proteger da água gelada, mas principalmente para proteger do vento. Quando for fazer o passeio de barco, a capa é praticamente inútil para proteger da água, mas eficiente para proteger da sujeira do colete salva vidas.

Garrafinha/Squezze: Você vai precisar beber muita água sempre. Não apenas pelo calor, mas pelos passeios pesados. Hidrate-se bem para não passar mal e poder curtir tudo na íntegra. Você vai precisar muito disso. Nós poderíamos ter economizado alguns ricos reais se não tivéssemos que comprar água toda hora (No parque argentino tem torneiras de água potável nas estações, poucos sabem disso, aí gastam uma fortuna comprando água na lanchonete).

Protetor solar + Repelente: Foz é uma cidade bem quente! Se você não usar protetor solar, corre o risco de ficar com a pele queimada e ardendo logo nos primeiros dias da viagem. O repelente pode ser descartado para atividades na cidade, mas importante para a visita aos parques, principalmente o parque argentino. Se tiver repelente com um bom filtro, melhor ainda, porque faz o esquema 2 em 1. Leve na bolsa e passe várias vezes ao dia.

Boné/chapéu/Óculos escuro: Como você pode ver, a preocupação em contornar o calor é grande. Voltei mais cedo para o hotel num determinado dia porque não estava com óculos e chapéu. Não aguentei o sol.

Biquíni/sunga: Para ir as cataratas (principalmente para fazer o passeio de barco) use uma roupa de banho no lugar da roupa íntima. É comum as pessoas trocarem de roupa no meio da trilha, para evitar andar com roupa molha. Apenas use um biquíni decente, pois os estrangeiros não estão acostumados a ver tanto fio dental de perto.

Roupas: Se estiver indo no calor, leve apenas uma calça comprida, e dois ou três shorts/bermuda. Leve camisetas/blusas variadas no esquema de "um por dia". Será o suficiente. Vale consultar a previsão do tempo antes de arrumar a mala. Mesmo que o frio esteja em alguns lugares do país, acredite se a previsão indicar altas temperaturas em Foz do Iguaçu. Leve um casaco de frio apenas por precaução e estará tudo certo.

Sandália de borracha que prende no pé: Foi o calçado que mais usei em foz. Na verdade, poderia ter sido o “único”, porque é versátil para todas as situações (exceto para a visita na usina). É super confortável para fazer as trilhas e pode molhar a vontade que logo está seco. Vi algumas pessoas com rasteirinha, mas não recomendo, porque pode sair do pé e te machucar ou mesmo deslizar nas pedras.

Modelo Gisele Bundchen Sementes, coleção 2008
(Eu ajudei a reflorestar o Brasil : D)


Tênis: Pode ser usado tanto na trilha como na visita a usina. Se for as cataratas com ele, leve um chinelo e troque o calçado antes de chegar as águas, para evitar dar chulé. Mas eu acho que você deve ir para a trilha de sandália.

Look para noite: Sair à noite não é o foco desta viagem, mas não esqueça de levar roupas para usar a noite.

E... reserve um espacinho vazio na sua mala: Não leve a mala tão cheia, até porque você vai querer trazer comprinhas e lembrancinhas do Paraguai e da Argentina, né.

As famosas lembrancinhas… O que levar de Foz do Iguaçu

Pente Mascardi Antiestático. Desde 1975.

Nossas malas foram pesando 22 kg e engordaram 2 quilinhos apenas ao termino da viagem. Alfajores argentinos são provavelmente a lembrança mais tradicional da viagem. Aproveite a cidade hermana para abastecer sua mala de azeitonas recheadas no azeite, o tempero chimichurri e os famosinhos pentes da Mascardi (nós compramos o pente por acaso, só depois que descobrimos o quanto eles são tradicionais na Argentina).


Nenhum comentário:

Postar um comentário